O ano definitivamente começou

Por Camila Aguiar*

E muitas de nós estamos colocando em prática muitas das aspirações e projetos confabulados ainda em 2015, ou até muito antes do ano que passou. Quando a gente planeja, o faz para ter o máximo de acerto na trajetória da nova empreitada, seja lá qual for. E todo o planejamento comprometido e sério, contempla a visita do imponderável durante esta caminhada.

Considerar o imponderável não deve ser assustador, ele é parte importantíssima do planejamento destinado ao sucesso. E isso não tem nada de expectativas negativas, mas sim extremamente positivas e reais. Considerarmos as adversidades como parte do caminho de sucesso, é considerar que nosso empreendimento não é momentâneo, que ele veio para crescer constantemente e permanecer no nicho de mercado que escolhemos atuar.

Por isso é tão importante ter como aliada às nossas aspirações, talentos e atitudes às boas práticas empreendedoras. Práticas que não se limitam a visão de lucro do negócio, mas principalmente a sua sustentabilidade, e de como ele colabora para o fortalecimento da engrenagem e do motor da economia gerada por nós, mulheres.

Encontrar os meios de trazer transparência a nossa atividade é um dos principais pilares para nos alinharmos às boas práticas comerciais, devemos procurar sempre as alternativas que apoiem os pequenos e iniciais empreendimentos, tendo como objetivo sua saída da informalidade e permanência no mercado formal.

Seu negócio é relevante, não perca isto de vista. Dê a ele o valor e reconhecimento que ele merece.

Encontre e se articule com mulheres que atuam no mesmo segmento que você, discutam juntas quais as ações que trariam maior reconhecimento ao nicho em que atuam. Em se tratando de regularização de atuações profissionais, muito provavelmente você irá esbarrar em questões que demandem ações políticas, não desanime, procure os grupos e associações que já lutam por isso e engrosse o coro, e se eles não existirem? Força na articulação para criá-los. Talvez você se pergunte o que são boas práticas no seu segmento de negócio, decerto haverão especificidades, mas as melhores das “boas práticas” são aquelas que também nos direcionam para uma vida mais leve, mais honesta… mais real.

Tenho para mim, que as boas práticas essenciais estão sempre na vanguarda de projetos espetaculares e transformadores.

Pratique o preço justo (aquele suficiente para lhe trazer lucro, mas principalmente consciência tranquila), seja verdadeira sobre seus prazos e possibilidades de receber demandas. Enxergue e trate seus clientes e fornecedores como parceiros desta jornada incrível que faz o seu empreendimento ser concretizado. Fique atenta se na ponta ou no meio do seu negócio, você não está alimentando uma rede de trabalho desleal e desumana, abra os olhos para as forças de trabalho escravo, implícitas em produtos que talvez você use como parte da sua produção. Acredite na energia positiva e se cerque de quem a privilegia também. Trabalhe com o mesmo amor e dedicação que você materna.

Abra bem os olhos e ouvidos para as oportunidades de negócio, e se prepare… porque este ano vai ser incrível!

=D

Vamos juntas!

Camila Aguiar

Camila Aguiar, 35 anos, Negra, Feminista. Mãe da Luísa e da Laura, Socióloga em formação, Doula.

Posts
Deixe um comentário