Não quero falar de covid-19, mas vem cá, quero te dar um abraço

Tenho uma confissão a fazer: a maternidade é um trabalho árduo! Talvez você já saiba, né?! Trabalho realmente duro. Há dias em que eu realizo as coisas só para manter tudo funcionando: casa, trabalho em casa, e agora o home schooling (tenho até medo dessa palavra, Melissa está no 9 ano e eu não sei mais física, matemática ou química dessa série para ajudá-la). Nessa questão já compreendi que o estudo em casa é o menos importante. Aliás, acho que essas últimas semanas foram do tipo daqueles dias em que você chora no banheiro. No entanto, como mães, nunca desistimos.

Eventualmente, saímos do banheiro, secamos as lágrimas e continuamos. Fazemos isso porque amamos nossos filhos e nos orgulhamos de nosso trabalho de criá-los. Não importa com o que possamos estar lidando em um determinado dia, acho que há algumas palavras simples que podem nos fazer sentir instantaneamente melhor. Então ao invés de falamos do coronavírus, bora mentalizar 10 frases para essas semanas difíceis que nem sabemos até quando vai durar.

1. “Você está fazendo um ótimo trabalho.”

Toda mãe sabe que o que fazemos todos os dias é um trabalho árduo. Alguns podem argumentar que é o trabalho mais difícil do mundo (é definitivamente o trabalho mais difícil que já tive). É ótimo quando alguém reconhece seu esforço e acertos.

2. “Tudo o que seus filhos precisam é que você os ame.”

Há tanta pressão que a sociedade exerce sobre as mães e que exercemos sobre nós mesmas, para fazer tudo e dar aos nossos filhos tudo que precisam. Mas a realidade é que tudo que nossos filhos realmente precisam é que os amemos da melhor maneira possível. É isso. Quando você estiver tendo um dia difícil, não se preocupe se estiver passando muito tempo em frente à tela assistindo Peppa Pig ou qualquer outro desenho de criança,  lembre-se apenas de que curtir esse momento com seu filho é uma demonstração de amor – e às vezes esse lembrete é suficiente.

3. “Você está se saindo melhor do que pensa que está.”

Todo mundo tem dias ruins. Mas mesmo nos seus piores dias, você provavelmente está lidando com a maternidade de uma maneira muito melhor do que pensa. Dê um passo para trás e concentre-se apenas no que você está fazendo, e não no que você sente que não está.

4. “Tudo bem se você sentir que, às vezes, está perdendo.”

As crianças vão fazer isso com você! Haverá momentos como mãe em que você não se sentirá particularmente orgulhosa de seu comportamento. Às vezes, você pode sentir que não tem controle e é normal se sentir assim. Isso acontece com a melhor de nós. Use isso como lembrete para fazer uma pausa e verifique se você está reservando tempo para você nessa vida agitada.

5. “Ninguém é tão perfeito quanto parece nas mídias sociais.”

Embora admitamos não conseguir viver mais sem o mundo das mídias sociais, é muito importante poder separar a realidade do que acontece nele. Pessoalmente, não costumo postar muito sobre minha vida pessoal, até porque minha profissão não permite. Mas o fato é que ninguém posta os gritos que damos sem motivo com os filhos ou com o marido. O que precisamos saber é que todos passamos por dificuldades, principalmente com o distanciamento atual. Só porque não vemos outros tendo esses momentos, não significa que eles não estejam acontecendo.

6. “Você precisa de um descanso?”

O autocuidado é essencial para todos, mas como mãe, não posso sobreviver sem ele. Tome um longo banho quando seu parceiro chegar em casa ou quando chegar em casa do trabalho. Tome uma xícara de café com um amigo ou saia com seu cônjuge. Fazer uma pausa sem seus filhos permitirá que você retorne a eles com uma melhor capacidade de dar a eles o que eles precisam.

7. “Tudo bem se você não ‘amar cada momento'”.

Eu não amo as noites sem dormir; a agitação e os momentos em que minha filha me olha diretamente nos olhos e faz exatamente o que eu disse a ela para não fazer. A lista realmente continua. Isso não me faz uma mãe ruim. Isso me faz humana. O mesmo vale para você, certo?

8. “Você não está sozinha.”

Uma das melhores coisas sobre a maternidade (fora os nossos filhos extraordinários, é claro) é a comunidade de outras mães que existem por aí. Eu acho que é bastante seguro dizer que, por tudo que você sentiu como mãe, há outra mãe que será capaz de se relacionar com isso. Saber que outras mães seguiram exatamente o mesmo caminho antes de você é uma ferramenta incrivelmente poderosa para superar esses momentos difíceis.

9. “Confie nos seus instintos.”

Existem muitas opiniões conflitantes por aí sobre o que devemos e não devemos fazer quando se trata de criar nossos filhos. E embora muitas dessas opiniões sejam baseadas em pesquisas, nenhuma delas é baseada no seu filho. Você conhece seu filho melhor do que qualquer especialista ou profissional por aí.

10. “Antes de filhos felizes, existem pais felizes”

Como o que faz uma mãe feliz pode, não necessariamente, fazer as outras felizes, vou deixar umas linhas para vocês terminarem esse texto, com o que faz te feliz.

Monica Pessanha é psicanalista de crianças, adolescentes e mães, palestrante, coautora do livro EDUCANDO FILHOS PARA A VIDA e colunista na revista CRESCER. Mãe da Melissa, uma menina que ama ler. É o tipo de mãe que acredita que enquanto os filhos crescem, nós crescemos também.

Deixe um comentário