AS MÃES FICARAM MAIS VULNERÁVEIS E PRECISAM DE MUITO APOIO !

É extremamente importante falarmos sobre como a situação da pandemia deixou ainda mais vulnerável as mulheres e principalmente as mães.

Mães empreendedoras:  Temos aproximadamente 24 milhões de mulheres empreendedoras no Brasil e os negócios liderados por essas mulheres sofreram grande impacto durante a pandemia isso por que boa parte das mulheres empreendem em ramos altamente atingidos como higiene beleza, estática,  alimentação fora de casa, eventos entre outros.

Além disso, 40% das mulheres empreendedoras são responsáveis financeiramente pela sua família .

Mulheres trabalhadoras formais: No 1º trimestre, demissão de mão de obra feminina foi 25% maior que a masculina assim como as mulheres que empreendem as que atuam com carteira assinada estão em setores mais afetados pelo isolamento.

Trabalho doméstico e de cuidado: Independente se a mãe é empreendedora, trabalhadora informal ou com carteira assinada coordenar as atividades do seu trabalho remunerado com acúmulo de funções tem sido ainda mais desafiador.

Além disso, as mulheres são as principais responsáveis pelo cuidado das atividades domésticas, esses cuidados na grande maioria dos lares ainda é pouco dividido entre os membros.

As mulheres também são as principais cuidadoras tanto de crianças como de idosos e parentes doentes da família. Com as crianças em casa a carga mental e dos diferentes trabalhos aumentou consideravelmente.

Aumento da Violência:  A Violência contra a mulher aumentou em meio à pandemia e denúncias ao 180 subiram 40%.

Saúde emocional: O resultado de todos esses impactos são apontados por especialistas e pesquisas para uma grande crise de saúde emocional pós pandemia.

Precisamos nos organizar enquanto sociedade para apoiar as mulheres mães durante essa crise sanitária e também nos preparar para o período pós pandemia. Precisamos cuidar de quem cuida.

 

Deixe um comentário