Somos

Maternativa

Somos a primeira startup de impacto social do Brasil que tem como propósito discutir e transformar a relação entre mães e trabalho.

A conquista do mercado de trabalho e da possibilidade de mulheres exercerem uma atividade profissional para além da doméstica é historicamente recente.

Ao mesmo tempo que elas se apoderaram das novas oportunidades, se descobriram realizando jornadas de trabalho triplas e até mesmo quádruplas, pois o trabalho doméstico e os cuidados com os filhos e a casa não foi igualmente distribuído.

Pesquisas mostram que mulheres gastam 2,5 vezes mais tempo que homens em tarefas domésticas e de cuidado que não são remuneradas, o que aponta para a dimensão e complexidade dessa questão – que é coletiva, sistêmica e afeta a realidade de mulheres no mundo todo. (veja aqui)

Nesse contexto, em que a mulher é culturalmente o principal responsável pelo funcionamento e os cuidados relativos a casa e família, a maternidade tem impacto direto na sua vida profissional.

Por outro lado, após os primeiros meses da chegada de um filho, mulheres desenvolvem ou redescobrem habilidades significativas para o trabalho, como otimização do tempo, criatividade e produtividade, maior senso de responsabilidade e liderança, motivação, compreensão e empatia.

A Maternativa se dedica intensamente a transformar a relação entre mães e trabalho, independente do caminho que cada mulher encontrar para sua realização: empreender, permanecer ou mudar de emprego ou atividade profissional, dedicar-se exclusivamente ao cuidado da família.

Nosso propósito é colocar em pauta as mudanças que a maternidade suscita nesse âmbito e, a partir delas, ter um olhar mais profundo e amplo para encontrar novas formas das mulheres se manterem produtivas, potentes e reconhecidas, na vida profissional e familiar.

Nosso desafio é encontrar caminhos para transformar, também, a realidade de milhares de mulheres sem perspectivas de entrar para o mercado de trabalho formal, que se vêem sobrecarregadas com a responsabilidade exclusiva sobre o cuidado dos filhos antes mesmo de conseguir completar a educação básica, que vivem desamparadas nos seus direitos sociais básicos garantidos pela Constituição Federal (educação, saúde, trabalho, lazer, segurança, previdência social, proteção à maternidade e infância).

Nossa rede

Somos 23 mil mães conectadas no mesmo propósito!

Somos uma rede de apoio poderosa e uma inteligência coletiva!

A Rede Maternativa foi criada em 2015, por Ana Laura Castro e Camila Conti, no intuito de fomentar o empreendedorismo materno – um recurso encontrado por milhares de mães como alternativa ao mercado de trabalho tradicional, para se manterem ativas economicamente, com mais flexibilidade de horários.

Fomos a primeira startup brasileira com foco no empreendedorismo materno, e em apenas 1 mês o grupo agregava 600 mulheres-mães!

Rapidamente, percebemos que o empreendedorismo não poderia ser a única saída para solucionar as questões que permeiam o universo do trabalho materno, e começamos a olhar para outras possibilidades de transformação.

Hoje, discutimos e pensamos soluções a partir da escuta de milhares de mães que compartilham em nosso grupo, diariamente, suas dores, dificuldades e conquistas na relação com o trabalho!

A rede funciona, também, como espaço aberto para troca de conteúdos, informações e reflexões sobre negócios e mercado de trabalho.