Papo Maternativa

Consuma financiamentos coletivos!

Leia mais
*Por Carolina Paixão Era muito comum, quando eu era jovem, me reunir com amigos, organizar uma vaquinha e fazer um churrasco de abobrinha (éramos vegetarianos, fase que vem e volta na minha vida, mas isso é papo para depois). Vaquinha em forma de dinheiro e alguém se responsabilizava pelas compras, ou cada um trazia o que tinha em casa, ou soubesse fazer. Quem nunca fez isso? Rolava uma discussão do que era importante para todos, o que não podia faltar e democraticamente o recurso era empregado, satisfazendo a todos. Como não tínhamos muito dinheiro, essa era a forma de realizarmos uma vontade, de...

Leia mais

Papo Maternativa

Lugar de mulher é na tecnologia!

Leia mais
*Por Pat Borbolla Acho que um dos maiores absurdos que eu costumo ouvir quando começo a conversar sobre tecnologias e aplicativos é: “Mas você não ganha dinheiro, né? Esse mercado é dominado por homens!”. QUÊ? Aí eu paro, respiro bem fundo e relaxo. No fundo, é verdade e todo mundo sabe disso. Desde a revolução industrial até a criação de aplicativos, as áreas tecnológicas são dominadas por homens. Rolou até uma pesquisa feita pela socióloga Bárbara Castro apontando que em todo o Brasil, apenas 19% dos funcionários do setor são mulheres. E se expandirmos o cenário, ele também não se altera. O Amazon tem 120...

Leia mais

Papo Maternativa

#3. Dinheiro é tempo

Leia mais
*Por Rute Bersch Recebi há algum tempo, de pessoas diversas e por meios diversos, um vídeo do José Mujica, falando brevemente sobre a relação consumo-dinheiro-tempo. O vídeo é um trecho do depoimento que o ex-presidente uruguaio fez para o filme Human (mais infos no rodapé), do diretor e artista Yann Arthus-Bertrand. Trago aqui a parte do trecho que me ‘pegou’: “Quando compro algo, ou você compra, não pagamos com dinheiro, pagamos com o tempo de vida que tivemos de gastar para ter aquele dinheiro. Mas tem um detalhe: tudo se compra, menos a vida. A vida se gasta. E é lamentável desperdiçar a vida para...

Leia mais

Papo Maternativa

Façamos!

Leia mais
*Por Fernanda Favaro Pesquisar sobre o empreendedorismo materno no mundo dá vontade imediata de cantar uma parodiazinha tosca da música Façamos (Vamos Amar), versão de Chico Buarque para Let´s Do It, de Cole Porter: “Mães lá da Itália, fazem. No Canadá, Reino Unido e EUA, fazem. E na África do Sul, Hungria e Chile? Também fazem!” As mães estão fazendo por toda parte. Empreendendo, conectando-se, trocando conhecimentos e experiências, tecendo a tal economia colaborativa e expandindo o conceito de momtrepreneur – junção espertinha das palavras mom (mãe) e entrepreneur (empreendedora). E, aparentemente - uma vez que ainda não existe nenhuma pesquisa global que comprove esse fenômeno - todas vêm motivadas basicamente...

Leia mais

Papo Maternativa

Dicas para o Instagram

Leia mais
Por Sabrina Wenckstern* Dicas importantes para você turbinar seus negócios no Instagram! Assista ao vídeo no nosso canal no Youtube: *Sabrina Wenckstern, 30 anos, é formada em Administração de Empresas, trabalha há mais de 10 anos na área de marketing, é coach e empreendedora materna. Mãe da Isabela, de 19 meses, vai mostrar com seus vídeos a importância da conexão entre trabalho e maternidade como forma de revolucionar a maneira como lidamos com o mercado.

Leia mais

Papo Maternativa

Quer ganhar dinheiro? Colabore! [Parte 1]

Leia mais
Por Thaiz Leão* Mais que uma tendência bonitinha de consumo, o colaborativismo é a nossa melhor arma contra o grande e impessoal mercado das "grandes marcas". Mas pra não começar com aquele "papo-chato-de-capitalismo", vou falar assim: do jeito que tá, não dá. Ok? - Mas Thaiz, se do jeito que tá não dá como que faz pra ficar bom pra mim que tô aqui na labuta? A gente muda junto amiga(o) ;). Colaborativismo é essencialmente um sistema de colaboração, ou seja, uma rede em que partes individuais trabalham cooperadas, e que fique claro: pra ser colaborativo só é preciso ter a partir de dois...

Leia mais

Papo Maternativa

Baby-boomers na construção do novo mundo

Leia mais
Por Marina Ribeiro* Com qual destas situações você se identifica? Situação 1 Atividade produtiva com o emprego de máquinas simples. Grupos de produtores se organizam e dividem algumas etapas, mas muitas vezes, uma mesma pessoa cuida de todo o processo, desde a obtenção da matéria-prima até à comercialização do produto final. Trabalho realizado em oficinas nas casas dos próprios produtores que dominam muitas (se não todas) as etapas do processo produtivo. Situação 2 Os trabalhadores perdem o controle do processo produtivo, uma vez que trabalham para um patrão (na qualidade de empregados ou operários), perdendo a posse da matéria-prima, do produto final e do...

Leia mais

Papo Maternativa

O ano definitivamente começou

Leia mais
Por Camila Aguiar* E muitas de nós estamos colocando em prática muitas das aspirações e projetos confabulados ainda em 2015, ou até muito antes do ano que passou. Quando a gente planeja, o faz para ter o máximo de acerto na trajetória da nova empreitada, seja lá qual for. E todo o planejamento comprometido e sério, contempla a visita do imponderável durante esta caminhada. Considerar o imponderável não deve ser assustador, ele é parte importantíssima do planejamento destinado ao sucesso. E isso não tem nada de expectativas negativas, mas sim extremamente positivas e reais. Considerarmos as adversidades como parte do caminho de...

Leia mais

Papo Maternativa

N. 1 – A REDE e o que a Natureza vem nos ensinar

Leia mais
Por Carolina Paixão* O ano de 2015 foi incrível para mim. E o sentimento é de que ele começou em 2014 porque nesse ano minha filha nasceu. E a partir desse nascimento muitos outros vieram. Nasceu uma mãe, um pai, uma nova família. Nasceu uma nova configuração de amigas, na maioria mulheres, mães e por isso, uma nova forma de enxergar o feminino. Nasceu uma nova forma de trabalhar a partir de uma antiga amizade e uma nova perspectiva. Nasceu um novo lar (mudei de cidade, comprei uma casa na praia com um quintal, nasceu um sonho). A sensação é que uma coisa foi costurando a outra e formando um...

Leia mais

Papo Maternativa

#2.Criatividade

Leia mais
Por Rute Bersch* No final de novembro, em dois momentos em que me propus estar comigo mesma, a palavra CRIATIVIDADE apareceu de uma forma nova para mim e trouxe um novo significado. É sobre isso que quero falar no primeiro texto do ano para esse blog. A primeira situação foi em uma breve ‘consulta’ ao Oráculo das Deusas. Confesso que estava me sentindo um pouco estranha - não sei se o nome correto que se dá é consulta, por isso coloquei entre aspas. Em todo caso, a carta que tirei foi ‘Ix Chel’, a deusa da Criatividade, adorada pelos maias. Na descrição da carta, o seguinte trecho...

Leia mais