Papo Maternativa

[Ins]pirações #9 . Aborto: chega de mitos, vamos falar de fatos

Leia mais
Por Rute Bersch* Hoje, 28 de setembro, durante todo o dia, a descriminalização do aborto será abordada abertamente em grande parte dos coletivos feministas. Trata-se do Dia Latino-Americano e Caribenho pela Descriminalização do Aborto. Muitas mulheres e homens se colocam contra a descriminalização do aborto porque mitos - como dizer que quem defende a legalidade do aborto incentiva ou é favorável a essa prática - continuam a ser propagados e a falta de informação apoia essa construção equivocada a respeito do tema. Esse texto pretende te apoiar a desconstruir alguns mitos e formar sua opinião a respeito do assunto, com base...

Leia mais

Papo Maternativa

[Ins]pirações #8 . Público alvo X Público sensível

Leia mais
Por Rute Bersch* Hoje vou falar de um tema que está orbitando por algum tempo na minha cabeça, que tem a ver com o primeiro texto que publiquei neste blog. Aliás, ele surgiu quando estava pesquisando sobre a empatia na publicidade. E, naquele momento de pesquisa, encontrei um texto que trazia o termo ‘Público Alvo’ como um conceito ultrapassado, embora ainda usado em praticamente todas as estratégias de marketing, planos de negócios e práticas de comunicação entre as empresas e seus clientes. (Texto aqui) Sim, a palavra ‘alvo’ remete a algo que deva ser atingido, uma meta a ser conquistada com...

Leia mais

Papo Maternativa

[Ins]pirações #7 . Dois pontos fundamentais para o empreendedorismo materno dar certo

Leia mais
Por Rute Bersch* Em um dos Cafeínas MTT organizados pelo Maternativa, o relato de uma mãe sobre seu momento de começar a empreender chamou à minha atenção. Diferente da maioria das histórias que ouço de mulheres que empreendem após a chegada dos filhos - ou mesmo as que seguem com os empreendimentos que já tinham -, no caso dela, houve um planejamento dos parceiros sobre ‘o que’ e ‘como’ cada um teria que mudar em sua vida e sua rotina para que a ideia da empresa saísse do papel - ou da cabeça. Quando se fala sobre as mudanças que a...

Leia mais

Papo Maternativa

[Ins]pirações #6 . O que eu faço me representa?

Leia mais
* Por Rute Bersch A expressão ‘me representa’ é usada para dizer ‘essa pessoa faz o que eu faria’, ou ‘diz o que eu diria’, ou ‘admiro/curto/assino o que essa pessoa manifesta’. E tenho a impressão de que há uma vontade-necessidade crescente de as pessoas mostrarem ‘quem’ e ‘o que’ as representa. O convite-a-pensar que quero fazer hoje é: ‘eu me represento?’. Ou talvez, para ser menos cobrança – uma vez que nós mães já fazemos isso demais –, ‘eu consigo me representar?’. Muitos podem ser os motivos para que não consigamos, na prática, bancar tudo o que pensamos ou acreditamos....

Leia mais